Ao receber comenda, Greca diz buscar devolver aos curitibanos o orgulho pela cidade

Ao receber comenda, Greca diz buscar devolver aos curitibanos o orgulho pela cidade

“O legado deste paranaense que amou Curitiba como nenhum outro cidadão me inspira a trabalhar ainda mais para o desenvolvimento de nossa capital e o bem-estar na população.” A declaração foi dada pelo prefeito Rafael Greca nesta quarta-feira (13/11), no Graciosa Country Club, ao receber a comenda Barão do Serro Azul, maior honraria da Associação Comercial do Paraná (ACP).

Para uma plateia muita atenta, o prefeito narrou emocionado a história de Ildefonso Pereira Corrêa, o Barão do Serro Azul, fundador e primeiro presidente da ACP.

“Ele fez a primeira serraria a vapor do Paraná, a primeira fábrica de erva-mate mecanizada do estado, fundou o Banco de Curitiba, a Impressora Paranaense, o Clube Curitibano, a Associação Comercial do Paraná. E pagou com sua vida o preço da paz, na trágica noite de 24 de maio de 1894, por ser um dos defensores da capital durante a sangrenta Revolução Federalista”, recordou Greca, que estava acompanhado da primeira-dama, Margarita Sansone.

O prefeito lembrou também o papel humanista do Barão do Serro Azul, único nome paranaense incluído no Livro de Aço dos Heróis Nacionais, do Panteão da Pátria Tancredo Neves, em Brasília.

“Idelfonso Corrêa e outros integrantes da loja maçônica Luz Invisível compraram a alforria dos negros fugitivos ou os embarcavam em barricas nos navios que seguiam para Montevidéu ou Buenos Aires”, exemplificou ele, em referência ao movimento que culminou com Curitiba sendo a primeira cidade brasileira a libertar os escravos negros no país (8/1/1888), meses antes promulgação da Lei Áurea.

Orgulho pela cidade

A exemplo do barão, garantiu o prefeito, sua gestão busca devolver aos curitibanos o orgulho pela cidade. “Curitiba é hoje uma cidade livre do abandono, das dívidas e da penhora das suas contas. Quitamos todas os débitos com fornecedores, antecipamos o pagamento do 13º salário, pagamos rigorosamente em dia todos os salários e demos dois reajustes ao funcionalismo”, destacou ele.

Greca comemorou que a cidade voltou a ter crédito nacional e internacional e que R$ 660 milhões estão chegando para investimentos no grande anel do Interbairros 2. A chegada de recursos da Agência Francesa de Desenvolvimento para a transformação do bairro da Caximba também foi destacada.

“Com esta intervenção urbana vamos acabar com a vergonhosa palafita do Caximba e evitar que mais pessoas sejam empurradas para viver em um lugar que não é próprio para moradia”, garantiu ele.

O prefeito anunciou ainda que, em quase três anos de sua gestão, a cidade já está com 500 ruas asfaltadas, que neste mês será dada a ordem de serviço para a retomada das obras da Linha Verde e que novas vagas na rede pública de ensino serão abertas para os curitibinhas. Na próxima semana a capital disputa, pela segunda vez consecutiva, em Barcelona (Espanha), o título de cidade mais inteligente do mundo com o projeto Vale do Pinhão.

Paralelos

Em seu discurso de abertura, o presidente da ACP, Gláucio Geara, mostrou os paralelos nas trajetórias de Greca e do Barão do Serro Azul que levaram a direção da entidade a homenagear o prefeito com a comenda.

“Assim como o barão, Greca é um homem à frente do seu tempo e tem contribuído para o crescimento e valorização empresarial do Paraná”, argumentou ele.

“Além de ser o melhor contador de histórias de Curitiba, o prefeito, ao lado de Margarita Sansone, transformou a capital com seu amor pela arte, a história e pelo povo curitibano”, disse Geara.

Greca se junta a outras personalidades que já receberam a comenda como o ex-juiz e atual Ministro da Justiça, Sérgio Moro; o empresário e apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho; o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin; o empresário do ramo de shopping centers, Aníbal Tacla; e os ex-governadores João Elísio Ferraz de Campos e Jaime Lerner.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Presenças

Participaram da cerimônia em homenagem ao prefeito o vice-governador Darci Piana; o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira; o vice-prefeito Eduardo Pimentel; o comandante da 5ª Regional Militar, general-de-brigada Aléssio Oliveira da Silva; os ex-governadores Cida Borghetti, Mário Pereira e Orlando Pessuti; os deputados federais Ricardo Barros e Pedro Lupion; os deputados estaduais Maria Victória Barros e Michele Caputo Neto; o presidente da Câmara Municipal, Sabino Picolo; os vereadores Pier Petruzziello, líder do governo na Câmara Municipal, Julieta Reis e Serginho do Posto; o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Público, Maurício Gulin; e o secretário estadual de Agricultura, Norberto Ortigara.

Também compareceram os secretários municipais Vitor Puppi (Finanças), Luiz Gusi (Segurança Alimentar), Rodrigo Rodrigues (Obras Públicas), Guilherme Rangel (Defesa Social), Emilio Antonio Trautwein (Esporte, Lazer e Juventude), Luiz Fernando Jamur (Governo), Marilza Dias (Meio Ambiente), e Maria Sílvia Bacila (Educação); a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra; a procuradora-geral do município, Vanessa Volpi; o presidente da Cohab, José Lupion Neto; a presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento, Cris Alessi; o presidente do Instituto Municipal de Administração Pública (Imap), Alexandre Matschinske; a presidente do Instituto Curitiba de Saúde (ICS), Dora Pizzatto; o presidente da Fundação de Ação Social (FAS), Thiago Ferro; a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro; o presidente do Icac, Marino Galvao Jr; o presidente da Curitiba SA, Bruno Rocha; e o assessor de Relações Internacionais da Prefeitura, Rodolpho Zannin Feijó.

Moisés

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: