Prefeitura faz contratação emergencial de 613 enfermeiros e técnicos

Gazeta do Abranches

Começa na segunda-feira (19/4), às 20 horas, o prazo de inscrições para os interessados em participar do processo seletivo simplificado (PSS) para a contratação temporária e emergencial de enfermeiros e técnicos de enfermagem em saúde pública.

A inscrição poderá ser feita até as 17 horas do dia 23 de abril (sexta-feira), exclusivamente pelo site da Prefeitura de Curitiba, sem cobrança de taxa de inscrição. O participante deve escolher a função pública para a qual quer participar, para acessar os documentos correspondentes. Os editais também foram publicados no Diário Oficial desta quarta-feira (14/4).

O objetivo é contratar até 613 profissionais de saúde, sendo 155 enfermeiros e 458 técnicos de enfermagem em saúde pública. Todos devem ter registro no Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren-PR).

Desde o início da pandemia pelo novo coronavírus esta será a segunda vez que a Prefeitura de Curitiba abre o PSS para a contratação dos profissionais de enfermagem. Eles reforçarão as equipes no serviço municipal de saúde responsáveis pelo enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus.

Leitura do edital e do manual

A Secretaria de Administração e de Gestão de Pessoal alerta para que os candidatos interessados leiam com atenção o edital para o qual vão se candidatar. Há um edital para a função pública de Enfermeiro e outro para a de Técnico de Enfermagem em Saúde Pública.

Além disso, no site da Prefeitura de Curitiba, há um Manual do Candidato – PSS (Como se inscrever), que deve ser lido antes de o candidato fazer a inscrição. Para cada uma das duas funções existe também um campo com as dúvidas mais frequentes e que também poderá auxiliar os candidatos. Está no topo da página à direita junto ao edital do PSS de Enfermeiro e ao de Técnico de Enfermagem em Saúde Pública.

Quem pode participar

Aqueles que participaram do PSS de 2020 e não foram convocados podem se inscrever para o PSS de 2021. Os que cumpriram seus contratos de trabalho pelo PSS em 2020 e 2021 também podem se inscrever.

De acordo com os editais, por causa da pandemia, fica impedida a contratação de pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, gestantes e as que enfrentam condições crônicas de saúde de natureza grave. As patologias estão mencionadas nos editais (anexo I).

Experiência profissional e cursos

Os participantes do PSS não farão provas, mas sua experiência profissional nos últimos 15 anos será levada em conta, desde que seja comprovada. Também serão pontuados se tiverem feito cursos como os relacionados ao enfrentamento da covid-19 .

No caso dos técnicos de enfermagem em saúde pública, terão pontuação se tiverem feito formação em cuidados com pacientes de UTI, urgência e emergência. Enfermeiros terão pontuação se fizeram cursos de pós-graduação lato sensu.

“Pedimos que os candidatos declarem aquilo que poderão comprovar, quando forem convocados. Se o profissional declara algo que não pode ser demonstrado, corre o risco de ser eliminado do PSS”, explica a superintendente de Gestão de Pessoal, Luciana Varassin.

Depois de finalizar a inscrição pelo site, deverá imprimir o comprovante de inscrição e aguardar as convocações, que serão feitas por editais publicados no Diário Oficial e no site da Prefeitura de Curitiba, além de outros meios como e-mail e telefone cadastrados no ato da inscrição e, se necessário, telegrama.

O início do processo de contratação será nas próximas semanas. Os candidatos serão convocados, de acordo com o dia e o horário da inscrição e com base naquilo que cada um declarar como experiência e formação profissional. A classificação final será divulgada dia 30/4.

Fonte; SMCS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

SESQUICENTENÁRIO DA IMIGRAÇÃO POLONESA NO PARANÁ.

No dia 30 de setembro de 1871 chegaram as primeiras famílias de imigrantes poloneses ao 3º Quarteirão de Curityba, nos arrabaldes da cidade, nas imediações da atual Cruz do Pilarzinho, no sentido oeste, em direção ao Rio Barigüi. Do grupo inicial de 16 famílias aqui chegadas, algumas ali permaneceram, integrando-se […]