Bosque Gutierrez renova a vocação de Curitiba para Educação Ambiental com parquinho do Pirata Zulmiro

Gazeta do Abranches
O prefeito Rafael Greca e o vice-prefeito Eduardo Pimentel, entregam o novo parquinho do Pirata Zulmiro, junto com a entrega das obras de revitalização do Bosque Gutierrez, no bairro Vista Alegre. Curitiba, 29/06/2024. Foto: Hully Paiva/SMCS

Uma invasão de “mini piratas” tomou conta do Bosque Gutierrez, neste sábado (29/6). Centenas de curitibinhas foram conhecer o novo parquinho do Pirata Zulmiro, que foi inaugurado pelo prefeito Rafael Greca e pelo vice Eduardo Pimentel, junto com a entrega das obras de revitalização do Bosque Gutierrez, no bairro Vista Alegre. Entre as novidades das reformas está o parquinho temático inspirado na história do pirata britânico Zulmiro, que viveu em Curitiba entre os anos de 1829 e 1889. Todas as obras de revitalização foram coordenadas pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

“A cidade merece a sua história. Curitiba é uma cidade encantadora e que louva a inocência das crianças. Esse parquinho e o Bosque Gutierrez são um local de educação ambiental. Quero que todos vocês ponham na cabeça das crianças que estão aqui, que o tesouro desse local é o meio ambiente”, afirmou o prefeito Rafael Greca.

No novo parquinho foram criadas brincadeiras para as crianças buscarem um tesouro perdido, assim como conta a história do Pirata Zulmiro. “O tesouro é a água, que não pode acabar, por isso nós estamos fazendo uma reserva hídrica do futuro. O ar é um tesouro e nós estamos comprando ônibus elétricos para despoluir a cidade dentro do possível, inclusive fazendo energia solar para que o ar permaneça puro e o clima permaneça agradável. Nós estamos plantando 500 mil árvores para cuidar do meio ambiente”, concluiu Greca ao lado dos integrantes da Família Folhas, que divertiram as crianças que participaram do evento na manhã deste sábado (29/6).

O vice-prefeito Eduardo Pimentel afirmou que a ideia é fazer parques temáticos em todas as regionais da cidade, com brinquedos universais e pisos emborrachados para as crianças brincarem, além de canchas de grama sintética e poliesportivas. 

“Como é bom ver as famílias aqui reunidas num espaço novo, totalmente revitalizado pela Prefeitura. Esse é um parquinho com brinquedos universais, para todas as crianças brincarem juntas. Curitiba cuida do meio ambiente e aqui o Bosque Gutierrez é um exemplo disso”, disse Eduardo Pimentel.

Durante o evento, as crianças da Escola Municipal Vila São José, da CIC, também fizeram apresentações artísticas para o público. 

Toda a área do Bosque Gutierrez foi revitalizada pela Prefeitura de Curitiba. Os investimentos foram de R$ 3,8 milhões nas intervenções. 

Alegria das crianças

O parquinho do Pirata Zulmiro fez muito sucesso entre as crianças que foram conhecer o novo espaço público da cidade. Karla Vanelli, moradora das Mercês, levou o filho Matheus Vanelli Kovaleski, de 4 anos, para brincar no local. “Antes eu só passava aqui na frente, não chamava muito a atenção. Agora ficou ótimo, excelente. Pretendo vir aqui direto, para aproveitar esse espaço com meu filho”, disse Karla. 

Outra família que curtiu a novidade foi a do Rafael Falcão, que levou o filho Danilo Falcão, de 3 anos, para se divertir no barco do Pirata Zulmiro. “Antes aqui na região não tinha essa referência de espaço para trazer crianças para brincar. Meu filho adorou, ficou muito diferente e tem uma temática. Tudo tem um significado”, disse o morador do Bigorrilho, que também é irmão da arquiteta do Meio Ambiente Lívia Falcão, autora do projeto do parquinho e da revitalização do Bosque Gutierrez.

Preservação da água

Entre os novos espaços do bosque está a parte das águas. A proposta realçou as belezas naturais preservando a mata existente e suas nascentes de rios. Foram criados três percursos temáticos para os visitantes.

O Caminho das Águas, representado pela cor azul, conta a história de João Carlos H. Gutierrez, das fontes e das nascentes do local. Histórias contam que a região do bosque era a chácara do doutor Gutierrez, ilustre advogado em sua época, em 1894.

Chico Mendes

O Caminho da Mata, representado pela cor vermelha, conta a história de Chico Mendes e sua luta para preservar as matas e os povos da floresta – indígenas e seringueiros. Foi feita a reforma do Memorial Chico Mendes e a construção de um parquinho de aventuras com o tema Seringueiro, que fica no meio de uma clareira existente ao longo do trajeto. O acesso principal é feito pelo Portal da Cestaria, na Rua Virgínia Bressan, e o caminho adentra o bosque.

Novo parquinho

O Caminho do Sol, representado pela cor amarela, é um espaço todo voltado para as crianças, inspirado na história do Pirata Zulmiro, figura lendária da cidade. O parquinho tem brinquedos dentro da temática de pirataria e fundo do mar.

O local tem piso emborrachado e brinquedos universais, para todas as crianças brincarem juntas. Também há uma trilha pirata no meio do bosque com atrações, um caminho de contação de história, um setor de balanços, e um campo de futebol de grama.

O acesso principal é pela Rua Eng. Rômulo Gutierrez, pelo Portal do Sol. 

Placa Azul

Ao lado da placa de reinauguração do Bosque Gutierrez foi instalada uma Placa Azul, uma das placas históricas mais famosas do mundo. Lançada há mais de 150 anos em Londres, a iniciativa é uma parte icônica do Movimento de Conservação e da paisagem urbana britânica. 

De acordo com o pesquisador e escritor Marcos Juliano Ofenbock, que estudou a história do Pirata Zulmiro, a placa estreita a ligação bilateral entre Curitiba e o Reino Unido. A placa comemorativa foi doada pela Sociedade Britânica do Paraná.

Dados da reforma do Bosque Gutierrez

  • 930m² de parquinho, sendo: Parquinho Pirata Mar de 760 m², com 480 m² de piso emborrachado colorido e 145 m² de piso de areia. Parquinho Seringueiro de 170 m², piso de grama.
  • 22 novos brinquedos nos dois parquinhos.
  • Plantio de 66 mudas de árvores nativas.
  • Revitalização das calçadas com troca de piso de paralelepípedo e lajota por implantação de 1.970m de calçadas de CBUQ.
  • Revitalização de 28 lances de escadas.

História

Inaugurado em 1986, o Bosque Gutierrez recebeu a nobre missão de propagar sementes de Educação Ambiental pela cidade.

Terras, bosque e fontes d’água doadas para cuidado e usufruto da cidade pelo ilustre advogado Dr. João Carlos Hartley Gutierrez, o Bosque abriga histórias de tesouros guardados em túneis subterrâneos, que teriam sido escondidos pelo imigrante britânico Pirata Zulmiro, que viveu em Curitiba entre os anos de 1829 e 1889.

Em 1989, o bosque recebeu o Memorial Chico Mendes, uma homenagem da Cidade de Curitiba ao líder seringueiro, defensor da preservação da Amazônia e reconhecido mundialmente pela sua luta.

Presenças

Também participaram da entrega da revitalização do Bosque Gutierrez a secretária emérita do Meio Ambiente, Marilza Dias, os secretários municipais de Governo e presidente do Ippuc, Luiz Fernando Jamur; do Esporte, Lazer e Juventude, Carlos Eduardo Pijak Jr; da Educação, Maria Sílvia Bacila; da Comunicação Social, Cinthia Genguini; a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra Korman; o presidente do Instituto Curitiba de Saúde (ICS), Tiago Waterkemper; o superintendente de Obras e Serviços do Meio Ambiente, Jean Brasil; o diretor de Arborização e Produção Vegetal, José Roberto Roloff; o diretor de Parques e Praças, Giovando Amorim Romanine; os administradores regionais de Santa Felicidade, José Dirceu de Matos; e da CIC, Raphael Keiji Assahida; o assessor de Articulações Políticas, Lucas Navarro; o cônsul honorário do Reino Unido no Paraná, Adam Patterson; o diplomata no Escritório de Representação do Ministério das Relações Exteriores no Estado do Paraná, Paulo Pinheiro Machado; o pesquisador e escritor, Marcos Juliano Ofenbock; e os vereadores Marcelo Fachinello, presidente da Câmara, Herivelto Oliveira, Mauro Bobato, Mauro Ignácio, Rodrigo Reis, Sargento Tânia Guerreiro, Sidnei Toaldo e Tico Kuzma, servidores do Meio Ambiente e moradores do bairro Vista Alegre e região.

Deixe uma resposta

Next Post

Regionais Matriz e Boa Vista encerram etapa de votação popular do Fala Curitiba

Moradores de Curitiba já indicaram o que consideram ser as 100 prioridades da gestão municipal para o próximo ano. Terminou na noite desta sexta-feira (28/6), com audiências nas regionais Matriz e Boa Vista, a etapa de votação popular e presencial do programa Fala Curitiba, o programa de consultas públicas da Prefeitura. Cerca […]

Matérias relacionadas

%d blogueiros gostam disto: